Existem sentimentos nos Animais?

in Espiritismo/animais by on setembro 29th, 2010Sem comentarios

animais56

Todos que amam e vivem a proximidade com os animais, conhecem com certeza a troca de sentimentos que existe entre eles e o homem, diante suas atitudes e comportamentos que na maioria das vezes nos supreendem e faz termos a certeza que os animais possuem sentimentos sim.

Quem já não recebeu um bom dia com uma lambida, um pedido de desculpas com um olhar de piscadinha, um agrado de uma pata peluda quando estamos tristes… e assim por diante são inumeras as situações que eles demostram seus sentimentos por nós e também o que sentem em relação aos acontecimentos ao seu redor, diante a maneira que são tratados e ensinados Balklänningar.

Por isso devemos sempre dar a devida a imporntacia aquele latido que vem do nada, pois ele quer nos dizer algo. Para os mais céticos em relação ao assunto eu quetionaria como explicar o ciúmes, a depressão e outros distúrbios de comportamento presente em algumas espécies de animais? Se estes não possuem sentimentos?

Mesmo que muitas de suas atitudes sejam voltadas ao instinto, estes espiritos que hoje encontram-se em escalas inferiores de evolução também possuem e sabem demostrar seus sentimentos, vivendo em casas domesticados ou até mesmo em meio a natureza, em seus grupos tornan-se independentes em suas atitudes e comportamentos já exteriozando sua personalidade que um dia em proximas encarnações pode refletir em seu ciclo de evolução.

Dispondo apenas das leis naturais muito bem delineadas cientificamente quando trata da evolução biológica, fica difícil aquilatarmos o psiquismo das espécies animais, porém, quando estamos informados sobre as leis da evolução espiritual do princípio inteligente, delineadas na Codificação Espírita, isso nos permite uma avaliação um tanto mais judiciosa sobre o assunto.

Graças a esse conhecimento passamos a compreender que todos os seres tiveram a mesma origem espiritual, ou seja, foram emanados do Criador na condição de Princípios Inteligentes imateriais e que, imantados ao processo irreversível da evolução, se ligam às espécies condizentes com suas condições evolutivas, estagiando em todos os reinos da natureza até culminar no ser humano.

O que observamos nas relação homem animal, é que o animal acaba absorvendo o psiquismo do dono e por isso assim como eles somos responsáveis sim e incondicionalmente por tudo que a eles ensinamos e por todo amor que a eles doamos.

Alice

30/09/2010

Sobre o autor

Sem comentarios

Comente este conteudo