Entenda melhor o seu cãozinho

in Temas by on outubro 15th, 20111 Comentario

Seu bichinho vive bocejando?
Saiba o que isso significa

Preste mais atenção no seu bichinho: os cães se comunicam por meio de posturas corporais
Os cães se comunicam conosco de maneira constante, por meio de posturas corporais. Entender esses sinais nos permite ter uma reação equivalente e ajudar o animal quando necessário. Lembre-se de que os cachorros são muito mais vulneráveis na relação cão-humano do que nós, já que possuem menos controle sobre o que acontece com eles. Os donos devem estar cientes das sensibilidades do cão e fazer todos os esforços para aprender a ler os seus sinais. Confira:

Lambida no nariz
Os cães lambem o nariz quando se sentem sob pressão. Por exemplo: quando estão assustados ou a coleira está prestes a ser colocada.
Bocejos
O bocejo pode ser uma maneira de o cachorro aliviar as tensões. Geralmente, é um sinal de que o cão está ansioso ou aflito.
Segurança
O corpo relaxado e a cauda para cima são sinais de confiança. O cão demonstra sua segurança quando anda tranquilo, com o rabo para cima.
Afastamento

Quando se sente oprimido, o cachorro tenta evitar o dono, desviando a cabeça para o outro lado.
Orelhas baixas
Quando tem uma boa relação com o dono, o cão se sente confiante. Nesses casos, ele demonstra o seu entusiasmo com a cauda para cima e as orelhas baixas. O animal exibe uma expressão relaxada e feliz.

Como evitar cheiro e pelos de animais pela casa

in Temas by on outubro 15th, 20111 Comentario

Ter um cachorro de estimação é muito gostoso! Eles são fiéis, amigos e adoram receber a nossa atenção e o nosso carinho. Mas para que esse convívio seja saudável e agradável, e sua casa fique sempre cheirosa e sem pelos por toda parte, alguns cuidados são importantes.
Antes de qualquer coisa, lembre-se de que educar seu animalzinho desde os primeiros dias dele na casa é fundamental. Ensine tudo que você quiser, desde onde fazer as necessidades até os cômodos aonde ele pode ir. Aja sempre com firmeza, porém sem ser agressivo; isso evita criar um animal medroso! Quando flagrá-lo fazendo algo errado, diga na hora que ele “não pode” e mostre o que é certo. Não se esqueça de que bronca atrasada não funciona com os animais

Para evitar cheiros desagradáveis:
– Como já falamos, é muito importante, desde os primeiros dias, deixar claro quais são os limites do animal, em que cômodos ele pode transitar, onde pode subir ou permanecer. Por exemplo, se você prefere que ele não suba na sua cama, nunca abra uma exceção, colocando-o em cima dela só um pouquinho! Depois pode ficar bem mais difícil modificar esse hábito.
– Se você tiver um filhote de cachorro em fase de aprendizado, leve-o, assim que terminar de comer, até o local onde ele deve fazer as suas necessidades. Em vez de liberar o acesso dele à casa toda de uma vez só, faça isso aos poucos, assim que perceber que ele já consegue voltar ao lugar por você estabelecido.
– Se ele fizer xixi ou cocô no lugar errado, repreenda-o e mostre qual é o lugar certo. Mas não é só isso: é importante também limpar muito bem o local para que ele não repita o erro. Lembre-se de que o cachorro tem um olfato mais sensível que o nosso. Se o local indevido for um tapete, por exemplo, limpe-o bem com álcool ou vinagre branco e cubra-o com um papelão para disfarçar o cheiro por um tempo, até ele ficar mais fraco.
– Dê banhos frequentemente no cachorro. Aproveite esse dia também para lavar ou limpar a caminha dele, assim como os seus brinquedos e cobertores. Se for possível, deixe a caminha e o cobertor algum tempo no sol.
– Lembre: para manter um ambiente saudável, é essencial arejar a casa sempre .
Para evitar pelos pela casa:
– Mantenha a tosa de seu cachorro em dia.
– Se soltar muitos pelos é uma característica da raça, escove-o sempre que puder, no sentido contrário dos fios, para tirar aqueles que já estão soltos. Isso não diminui a queda, mas evita que eles se espalhem pela casa toda.
– Uma boa ração faz parte dos cuidados para melhorar a pelagem do seu cãozinho.
Na hora de tirar os pelos de tapetes, sofás e do chão, o melhor a se fazer é usar o aspirador de pó. E quando for lavar as roupas, não coloque as peças com pelo na lavadora, pois, muitas vezes, eles não saem ou acabam grudando em outras peças. O ideal é escovar as roupas antes de lavar, porque, assim, os pelos se soltam com mais facilidade.
Viu como é bem mais simples que você imaginava?