Reiki em Animais

in Cirurgia espiritual, Espiritismo/animais by on janeiro 29th, 20132 Comentarios

Reiki é uma técnica, um método, uma arte, um sistema que corresponde a uma disciplina milenar que foi re-descoberta pelo Dr. Mikao Usui no final do século passado no Japão, e propõe a “cura natural” pelo contato direto das mãos do praticante de reiki com o corpo do receptor, estimulando o fluir energético que despertará nele sua capacidade de auto-cura. A palavra REIKI tem origem da união das palavras japonesas REI energia cósmica – do universo, e KI – energia vital.

O praticante do reiki não trabalha com sua própria energia. Durante a sessão do reiki, o praticante não energia, é o receptor que recebe essa energia KI do qual o praticante é um canal. A terapia do reiki é uma terapia energética, não tem relação com nenhuma religião, crença ou seita. Não se pode causar dano algum com o reiki. Cada receptor tomará toda (e apenas)  a energia que necessite.

O uso da Terapia Reiki em animais tem-se revelado importante porque, tal como nós humanos, é capaz de restaurar neles o equilíbrio e a harmonia, muitas vezes comprometidas por problemas que nós lhes causamos.

Os animais não apresentam bloqueios intelectuais, são puros (sem preconceitos), o que os torna sensíveis à energia e por isso extremamente receptivos ao REIKI.

Os animais tem a capacidade de absorver a energia de forma mais rápida e intensa do que os humanos. Depois de um tratamento, os resultados geralmente podem ser vistos nas próximas 24-48 horas. Apesar de alguns tratamentos exigirem sessões regulares para completar o processo de cura. Por isso, muitas vezes, recomenda-se que os donos aprendam a terapia para assegurar a continuidade no tratamento.

O tratamento aos animais pode ser realizado em animais pequenos (cães, gatos, etc.), grandes (cavalos, por exemplo), aves e peixes. Em animais agressivos (que não permitem o toque das mãos), em pássaros ou peixes, o reiki pode ser aplicado a distância, no aquário ou na gaiola em que o animal se encontra.


Figura 1
. Imposição das mãos em paciente felino e canino, caracterizando o tratamento do Reiki. FONTE: STEIN, Diane. Reiki essencial. Editora Pensamento-Cultrix Ltda, São Paulo 1995.

As reacções do animal durante a aplicação são muito claras: bocejos, suspiros, e pálpebras pesadas fazem com que o bichinho se entregue a um momento de relaxamento total… A maioria dos animais pode adormecer durante a sessão.

Não existe um tempo definido para uma sessão completa em cada animal, geralmente é o próprio paciente que definirá o tempo de cada sessão. A terapia do reiki em animais tem o mesmo principio básico para o tratamento em humanos, porém, em animais as sessões são mais rápidas – duram em média 15 a 20 minutos. Muitos animais podem adormecer durante a aplicação do reiki. O tratamento do reiki pode ser empregado juntamente com o tratamento estabelecido pelo Médico Veterinário.

Pode ser usado em animais de qualquer idade, para os períodos pré e pós-operató rios, quimioterapia, distúrbios comportamentais, auxiliar no tratamento de doenças, atuando como uma terapia complementar. Também possui indicação na fase terminal de doenças, auxiliando no conforto e bem-estar animal. Esta técnica não possui contra-indicações.

Um tratamento de reiki consta de quatro sessões, dadas em dias consecutivos, mais uma sessão por semana ate completar 2 a 3 meses de tratamento, ou a critério do terapeuta reiki.

E importante salientar que o reiki não substitui o tratamento indicado pelo Médico Veterinário, ele deve atuar como uma terapia adjuvante ou auxiliar, não possuindo portanto, nenhuma restrição ou contra-indicação.

Sobre o autor

Responses to “Reiki em Animais”

Comente este conteudo